versa-1 VERSAILLES: atrás do palácio tem uma fazendinha recheada de história
Quando for a Paris programe pelo menos 4 dias para rodar a cidade e um dia extra para ir ao Palácio de Versailles. Quem tira esse dia para conhecer um dos maiores e mais famosos palácios do mundo, espera encontrar jardins incríveis, salões recheados de riqueza, apartamentos reais e muita história interessante pra ouvir. E quem espera tudo isso, vai encontrar. Apesar de tudo no palácio ser impressionante, tem um cantinho aos fundos do jardim (chamamos de jardim por bondade, é um parque) que a Rainha Maria Antonieta transformou em seu mundo longe das regras de etiqueta que a sufocavam na corte.

O lugar é uma fazenda com estilo da Normandia, com hortas, moinho, lago com peixes, cabras, patos, galinhas, a casa da rainha e uma série de outras construções que são um convite a exercitar a imaginação. O lugar é bem calmo, excelente pra se fazer um lanche em uma sombra na beira do lago e ver o que a loucura e riqueza da corte antes da revolução podia fazer. A rainha estava de saco cheio de todas as regras e resolveu fugir do mundo real sem sair de casa. Fugiu pra sua fazendinha e lá passou boa parte da sua vida. É uma surpresa muito agradável se deparar com tudo em um estado de conservação tão excelente.

versa-2

COMO CHEGAR A VERSAILLES?

Algumas pessoas não sabem, mas quando a família real resolveu se mudar para Versailles a área era uma outra cidade, ficava fora de Paris. Hoje é um dos subúrbios da capital. Existe um jeito excelente para visitar o Palácio. Esqueça os day tours que vão de van. Corra até uma estação de metrô (eu comprei na estação do Museu d’Orsay) e pergunte sobre o combo passagem + ingresso. Você vai de trem até a estação Versailles-Rive Gauche, que fica em frente ao palácio e ainda leva um ingresso que tem passagem preferencial na entrada. Ou seja: enquanto a galera das excursões fica na fila, você passa na frente de todo mundo. Excelente gastar menos e ter tratamento VIP.

Portanto, fique atento aos Jardins do palácio. Eles escondem muito mais que esculturas e palacetes menores.

Conheça melhor a história do Palácio de Versailles e da Hameau de la reine (a fazenda).

Deixe aqui seu comentário