post_hanoi_vietna Sudeste Asiático: impressões sobre Hanói, Vietnã

Por Lélia Rezende, Mundo Afora Viagens

Separada de Hoi An por um vôo de 60 minutos, Hanoi é a a capital e a segunda maior cidade do Vietnã. Sabia que ela é habitada desde pelo menos 3 mil anos antes de cristo?Hanói é um caos, confesso que assustadora em um primeiro momento, até mesmo porque havíamos acabado de deixar uma cidade calma e bucólica como Hoi An.

hanoi_img_01

A capital do Vietnan possui seis milhões de habitantes e quatro milhões de motocicletas, além dos carros, caminhões e tuk tuks. O curioso é que os seus moradores fazem tudo na rua: veem TV, comem, jogam e bebem. Isso passa um certo ar de desordem e sujeira, é tudo realmente muito misturado, especialmente no centro histórico.

A cidade tem grande importância econômica e é porta de entrada para a Baía de Halong, a maior atração turística do Vietnã. Por isso Hanói conta com uma boa estrutura de hotéis e restaurantes, assim como barracas de comidas espalhadas pelas ruas.

O meu programa preferido na cidade foi o teatro aquático de fantoches, espetáculo que faz parte do folclore do país desde o século XI. Os bonecos são feitos de madeira, envernizados e controlados por hastes de bambu.

O Templo da Literatura é um programa imperdível, construído no ano 1070 em homenagem a Confúcio, ele foi também a primeira universidade do país. Destaque para seus belos jardins e arquitetura vietnamita.

O coração da cidade e ponto de encontro dos moradores é o Lago Hoan Kiem, uma espécie de “Central Park” local. Nos seus arredores há vários cafés e restaurantes com terraço para se curtir a vista do lago e sua vegetação.

proximaparaa_baia_halong

mundoafora

 

Deixe aqui seu comentário