post-madrid-week Madri: atrações e dicas imperdíveis pra primeira visita

A capital da Espanha é destino certo de milhares de brasileiros todos os anos. Ela guarda boas surpresas e a gente quer te ajudar com uma listinha de must see places para uma primeira visita. Prepara a sangria, segura as castanholas e vambora! Madrid é a maior cidade da Espanha e a terceira mais populosa da Europa, fica atrás apenas de Londres e Berlim. E a cidade não decepciona quem resolve fazer de Barajas sua parada final. Antes de listar as atrações vamos entender algumas dicas básicas para o planejamento da sua trip. Quantos dias devo ficar em Madri? Eu acredito sempre que quanto mais tempo melhor. Se puder passar uma semana em Madri, será lindo! Mas se estiver com agenda apertada, pense em algo como pelo menos 4 dias. Menos que isso você não vai ter uma experiência real da cidade. Como ir do aeroporto Barajas para o centro de Madri? O jeito mais barato é sem dúvida o Metrô. Por 1€ você está conectado do aeroporto a qualquer parte da cidade que tenha linhas. É a melhor opção se estiver com pouca bagagem. Se estiver sobrecarregado, vá de taxi para evitar estresse. Como me locomover por Madri? Táxis não são caros, mas quando a gente tem uma cidade em que o transporte público funciona, você deveria pensar em usá-lo. É ótimo vivenciar o dia a dia dos locais durante as férias! O metrô de Madri funciona divinamente bem, a rede é bastante capilarizada, é fácil se localizar e a cidade é bastante plana – o que deixa as caminhadas até as estações quase nada cansativas. Se optar pelo Metrô como seu meio de transporte oficial na cidade, compre o bilhete de 10 viagens, você vai sair ganhando. As linhas abrem às 6 da manhã e param somente às 2 da madrugada. Dá pra sair pra jantar de metrô, se você quiser. Onde me hospedar? Ao decidir que tipo de acomodação vai ficar, procure algo na região de Chueca, na Gran Via, no Passeo del Prado ou Atocha. O site Segredos de Viagem fala muito sobre onde se hospedar em Madri, veja aqui. Quais são as atrações imperdíveis na primeira visita a Madri? PalacioReal_CampoDoMouro_Catedral_Madri

Palácio Real + Campo do Mouro + Catedral

O Palácio Real de Madrid é a residência oficial do Rei da Espanha, o que na prática é apenas uma formalidade, já que a família real vive em outro palácio menor. A visitação é aberta aos turistas em parte do castelo e te garanto que você não vai se arrepender. Se o dia estiver bonito, estique a visita até os Jardins do Campo do Mouro. É o jardim mais bonito da propriedade. Bem perto dali fica a Catedral de Santa Maria a Real de Almudena. Vá caminhando e entre!


PlazaMayor_Madri

Plaza Mayor

A maior e mais famosa praça de Madrid. Tire duas horas para admirar as construções, ler sobre sua história e tomar alguma coisa nos cafés e restaurantes que estão por ali. É uma excelente parada!


PuertaDelSol_Urso

O Urso e a Porta do Sol

Como pode uma simples escultura de um urso cheirando uma árvore ser tão importante? Simples! O urso e a árvore (medronheiro) são símbolos da cidade e estão presentes no escudo de Madri. A escultura foi colocada na Porta do Sol em 1967 e pode ser considerada uma releitura do símbolo da cidade. Ficou moderninho, entende? A Puerta del Sol é hoje uma praça, mas foi no passado a porta de entrada da cidade e seu marco zero.


PlazaEspana_TemploEgipcio

Plaza España + Templo Egípcio

A Praça de Espanha é um ponto importante de Madrid, nela temos uma homenagem a Miguel de Cervantes com a escultura de Dom Quixote em bastante destaque. Dela sai a Gran Via. Bem perto fica o Templo de Debod, também conhecido como o Templo Egípcio. Ele foi construído no ano IV antes de Cristo e situava-se próximo à primeira catarada do Rio Nilo, no Egito. Em 1968 foi doado à Espanha em agradecimento a ajuda do governo espanhol ao salvamento dos templos de Abu Simel. O pôr do sol por ali é emocionante e rende esse tipo de foto.


MuseuDelPrado

Museu do Prado

Ir a Madri e não ir ao Museu do Prado é perder uma das melhores oportunidades de ver de perto o que os maiores artistas da humanidade criaram. A coleção de pinturas é bastante completa, com obras espanholas, italianas, alemãs, francesas e flamengas. Os trabalhos de maior destaque são de Francisco Goya, Nicolas Poussin, Claude Lorrain, Antoine Watteau, Velázquez, Esteban Murillo, Fra Angelico e Caravaggio.


ReinaSofia

Museu Nacional Rainha Sofia (Reina Sofia)

Um dos melhores museus de arte moderna que você vai visitar na vida. Precisa dizer mais alguma coisa? O Reina Sofia tem uma enorme coleção de arte do século XX. As obras de maior destaque no museu são, sem dúvida, Guernica e Mãe com menino morto, dois dos mais conhecidos quadros do espanhol Pablo Picasso. Forma, uma excepcional escultura de Mateo Inurria. Espírito dos pássaros, uma enigmática e contraditória escultura de Eduardo Chillida. O Grande Masturbador, uma das melhores pinturas de Salvador Dalí, e Dançarina Espanhola e Caracol, mulher, flor e toalha, duas conhecidas obras do surrealista Juan Miró. (Fonte: Wikipedia)


PuertadeAlcala

Puerta de Alcala

Situada na Praça Independência, a Puerta de Alcalá é um monumento construído para ser a porta de entrada da cidade e hoje é um dos mais famosos cartões postais de Madri. Na prática, você vai até lá só pra bater uma foto. Se tiver com tempo, por que não?


ParqueDelRetiro

Parque del Retiro

Foi construído como jardim privado da realeza, entre 1630 e 1640. Uma centena de anos depois, foi aberto para a visitação pública e até hoje é um dos parques mais agradáveis de Madri. Passar uma manhã ou uma tarde caminhando pelo parque e conhecendo os diversos monumentos é uma ótima ideia. Além das atrações obrigatórias que falamos acima, tem alguns outros lugares que valem a pena serem ponderados em sua visita, como o Zoo Aquarium de Madri, Real Jardim Botânico e o Estádio do Real Madrid (Santiago Barnabéu).

Se estiver afim de ver mais imagens da capital espanhola, a gente está publicando no Instagram com a hashtag #rumomadridweek. Nosso insta é @blogrumo.

Boa viagem!

Deixe aqui seu comentário