post_cameras_rumo Como escolher uma câmera digital pra levar em viagens

Post por Thiago Lima, 33 anos, Engenheiro Eletrônico apaixonado por tecnologia.

Quando se viaja, um dos cuidados que o turista deve ter é possuir uma ótima câmera para registrar os momentos únicos e, muitas vezes, inesquecíveis.

01

Os smartphones hoje em dia estão com câmeras e lentes ótimas, especialmente os mais modernos, como o Samsung Galaxy S IV, o Nokia Lumia 1040 e o iPhone 5S. Não é incomum, no entanto, ver várias pessoas com seus tablets tentando tirar boas fotos. É indiscutível que esses aparelhos modernos e conectados possuem softwares excelentes e, no caso do nokia, uma lente excepcional e com capacidade de tirar fotos de até 38 MegaPixels. Mas as câmeras fotográficas digitais convencionais ainda são essenciais, caso queira controlar diversos aspectos da foto e tirar fotos melhores.

02

Mas que aspectos são esses tão importantes para fotografia? Bom, poderia falar sobre diversos aspectos importantes pra se tirar uma ótima foto, mas isso tornaria o post muito longo e não é meu intuito ensinar toda essa teoria aqui.

Mas quem já não tirou uma foto a noite onde as pessoas sairam claras, por conta do flash, e o fundo ficou todo apagado? E aquela foto que queria tirar de alguem ou algo em movimento e ficou toda borrada?

03

Existem câmeras poderosas que permitem que troquemos suas lentes. Cada uma das lentes possuem características bem interessantes para diversas situações – retratos, lugares escuros, corridas de carros, jogos de futebol, para tirar fotos de objetos bem próximos com detalhes, de lugares grandes, como monumentos, etc.

Bom, nem sempre é interessante andar com uma dessas câmeras grandes, e todas as suas lentes, sempre que for viajar.

Mas o que preciso me preocupar na escolha de uma câmera digital compacta?

Post_Camera_Viagem

É legal uma câmera fina, moderninha (com software bem inteligente e com características que ajudam o manuseio automático da camera) e com várias características de “point-and-shoot”, pra situações que não se quer pensar, apenas tirar fotos. E, claro, que caiba no bolso (ou na bolsa), sem incomodar muito… Também é fundamental as funções AV(Aperture Value – Valor de Abertura do Diafragma – Nomenclatura utilizada pela Canon), TV (Time Value – Tempo de exposição da foto) e “MANUAL”, para se ter controle maior sobre a foto tirada dos dois parâmetros, abertura e exposição. Claro que, se não souber utilizar essas funções, depois de algumas viagens, vai bater aquela vontade de tirar uma foto ótima e as funções estão aí para serem usadas! Juro que não é difícil e as fotos ficam bem bonitas.

04

Uma característica interessante numa câmera, hoje em dia, é um LCD grande para conferir como ficaram as fotos. Além disso, a filmadora integrada com a camera fotográfica, com capacidade de fazer filmes com uma resolução legal, é uma característica excelente. TVs digitais possuem resolução de 1080p, com 30 frames por segundo (fps). É importante comprar cartões de memória Flash rápidos para que a filmagem seja feita de modo adequado. Isso porque a velocidade que o cartão á atualizado é bem alta. As memórias Flash (SD cards) classe 10 normalmente são bem velozes e dão conta do recado, mesmo em filmagens de alta definição (1080p – 30fps)

Claro que GPS, pra se determinar a localização exata onde a foto foi tirada, Bluetooth e Wifi são um plus, e permitem que a câmera seja sempre conectada e as fotos sejam todas georreferenciadas. Algumas até trazem GPRS e 4G, além de ter tela touch – um celular!

Um Flash poderoso e inteligente é bem interessante. Esses flashs inteligentes são capazes de medir a quantidade de luz do ambiente e apenas iluminar suficientemente o local da foto. Fotos que ficam muito claras, onde as pessoas ficam brancas como fantasmas, sempre são indesejadas. Dizemos que essas fotos “estouraram”. Há menos estouros com câmeras com flashs mais espertos.

Possibilidade de câmera lenta com definições surpreendentes também é diferencial, na escolha de uma camera portátil. Deve-se também examinar a possibilidade de tirar fotos mesmo em locais bem escuros ou extremamente claros. Essas características são determinadas pela característica ISO. Se a câmera possui um ISO bem baixo, próximo de 100, consegue tirar fotos em ambiente bem claros. Se possui ISO alto, acima de 6400, possui característica que permite captar uma foto mesmo em ambientes que não há quase nenhuma luz. Uma camera com ISO 80-12800 consegue captar fotos em uma amplitude maior de presença de luz que uma com ISO 100-6400, por exemplo.

Outra caracteristica interessante inclui a estabilização de imagem por software, o que faz com que não percebamos o leve tremido que todos nós temos quando manuseamos uma maquina digital, uns mais e outros menos, claro. Tempo de Burst se refere ao tempo que a máquina é capaz de registrar várias fotos quando clicada neste modo. Por exemplo, se uma c mera tem 8 fps de burst, significa que tira 8 fotos em um segundo. É uma função ótima pra registrar momentos imperdíveis, como alguem pulando, por exemplo.

As cameras modernas já possuem, todas elas, fotos panorâmicas, que são aquelas fotos cumpridas e que registram todo um ambiente a sua volta.

05

Claro que, pra quem anda muito, o bom mesmo é ter uma bateria que dure bastante. Uma dica é carregá-la todos os dias durante sua viagem e não usar muito o LCD, ele gasta bastante bateria, quando ligado. Em algumas máquinas já existe configuração interna para diminuir esse brilho.

Uma característica super importante em uma máquina é o máximo de abertura do diafragma (abertura na lente por onde passa a luz). Normalmente está apresentado da seguinte forma: f/1.8 – f/2.8. Como funciona? Explicarei em um próximo artigo como isso funciona exatamente mas, por agora saiba que quanto menor esses números, melhor essa máquina pra tirar fotos em ambientes com pouca luminosidade. Uma f/1.0 – f/2.4 tira fotos melhores no escuro que uma camera com as características de abertura f/1.8 – f/2.8, por exemplo. Essa característica com número pequeno permite menor amplitude de campo. Sabe aquelas fotos que todos acham profissional, em que o fundo fica desfocado? É possível tirá-la se a lente está bem aberta.

A velocidade do obturador é uma característica legal! Isso permite que se tire fotos como em ambientes escuros, como se estivesse tudo iluminado, com um tripé. Em determinadas câmeras, é possível ficar por 30 segundos tirando uma foto! Essa informação é apresentada, por exemplo, como 30 – 1/4000 – Nesse caso, o obturador fica aberto por 30 segundos ou, até 1/4000 segundos, um tempo bem pequeno, pra ambientes bem claros. Veja abaixo que, em uma foto onde o obturador fica aberto por um tempo alto, pode-se determinar o rastro de automóveis e pessoas.

06

O zoom é fundamental. O valor do zoom é relativo à medição do poder de uma lente objetiva de aproximar ou afastar a imagem. O zoom ótico é real e o digital é feito via software e perde-se qualidade.

Além de tudo isso, destaco também a resolução. Existem câmeras capazes de tirar fotos com dezenas de megapixels. Isso implica no valor da resolução da imagem. A correta escolha desse parâmetro é importante pra se ter uma impressão ótima da foto. Algumas câmeras permitem que seja tiradas fotos sem compactação, formato RAW. Nesse formato, a imagem pode ser melhor trabalhada em software de edição de imagens.

Quando queremos aparecer em uma foto e não tem ninguém pra tirá-la, utilizamos o modo de programação de tempo para foto. Algumas máquinas tem opção de 2, 5, 10, 30 segundos, que permite que dê tempo de posicionar a câmera em algum lugar seguro e corramos pra sair bem na foto. É interessante notar esse parâmetro antes de comprar uma câmera.

Bom é isso. Releiam com calma essa matéria quando estiverem escolhendo uma câmera digital compacta – Todas essas informações vão te ajudar na escolha de uma legal!

Boa viagem!

Deixe aqui seu comentário